#LIGAGAUCHA2020 - Os segredos da bola da Liga Gaúcha na pauta do Workshop Solidário



 

 



Os segredos da bola da Liga Gaúcha na pauta do Workshop Solidário

Os segredos da bola da Liga Gaúcha na pauta do Workshop Solidário

Quando o árbitro apita, ela se torna o objeto mais desejado dentro da quadra. Mas já parou para pensar em todo o processo criativo e tecnológico que envolve desde a produção da bola até o primeiro chute. Na noite desta quarta, a Penalty, fabricante oficial das bolas da Liga Gaúcha SICOOB de Futsal, vai revelar um pouco do segredo das melhores bolas de futsal do mundo, na oitava edição do Workshop Futsal Solidário. O gerente regional de vendas da marca, Rodrigo Joly, é o convidado desta semana, no evento online exclusivo para filiados da Liga, que acontece a partir das 19h desta quarta.

"O desenvolvimento da bola ideal precisa atender desde os critérios técnicos próprios do esporte, como o tamanho, o quique e a resistência, mas, no caso da Penalty, atende principalmente aos atletas e praticantes. Qualquer produto nosso só é lançado depois de chancelado por eles. Nós escutamos quem joga durante todo o período de testes, e isso faz a diferença da marca nas últimas três décadas", acredita Joly.

CLUBES DE FUTSAL NO MERCADO DO E-COMMERCE

AS NOVAS REGRAS DO FUTSAL EM DEBATE

O DESAFIO DE MANTER VIVA A ESSÊNCIA DO JOGO

O título do workshop nao é a toa: "O segredo por trás da bola Penalty: saiba a bola ideal para o seu jogo". É que, se a Max 1000, considerada a melhor bola de futsal do mundo, é a ideal para a elite do futsal, talvez não seja a adequada para a exigência daquele jogo semanal entre os amigos do trabalho, ou para a gurizada que está dando os primeiros passos no esporte.

"É muito importante entender o custo-benefício para o praticante. É isso o que nós levamos em conta na Penalty, por isso, temos uma linha bastante ampla para o futsal. Daqui a pouco, para o jogo entre amigos do bairro, or exemplo, seja mais importante a resistência do que a performance da bola. Ou, para crianças, uma bola com material mais macio, para não machucar no momento do chute ou da defesa. Sempre tem uma bola ideal para o seu jogo", diz.

A história de evolução da bola de futsal até chegarmos à Max 1000 começou quando a FIFA assumiu o futsal mundial e determinou: o esporte já não poderia ser aquele da "bola pesada", que deixava re sultados muitas vezes desastrosos, com lesões até graves provocadas pelo impacto da bola.

PARCERIA ENTRE FUTSAL E COOPERATIVISMO

BILLY, DO BR FUTSAL, É O CONVIDADO DO WORKSHOP SOLIDÁRIO

GESTÃO É O TEMA DA SEGUNDA EDIÇÃO DO WORKSHOP SOLIDÁRIO

Foram chamadas três grandes fabricantes mundiais para desenvolver uma bola mais macia, para garantir a integridade física dos atletas. A Penalty estava entre elas.

"Em 2004, lançamos a tecnologia termotec, que incuiu um amortecimento entre o gomo externo e a câmara interna. E o modelo evolui a cada ano. O caminho, no futuro, é que  bola seja equilibrada. Por exemplo, hoje temos a câmara 6D, com discos internos em cada ponto. Para muitos, é a melhor bola do mundo", comenta Rodrigo Joly.

O Workshop Solidário foi uma das ações desenvolvidas pela Liga Gaúcha neste momento de pandemia, como forma de qualificar os nossos filiados. A cada semana, temos um convidado abordando uma das áreas do futsal.   




Liga Gaúcha de Futsal

E-mail: contato@ligagaucha.com.br

Documentos